HISTÓRICO


A ORIGEM
O povoamento da região banhada pelo Ribeirão São João e Córrego do Pascoal, iniciou-se em meados do século XIX, quando aí chegaram algumas famílias provenientes de Minas Gerais, como os Corrêa de Mello, Dutra Lopes, os Gomes e Alves Pereira.

FUNDAÇÃO DO POVOADO
Por volta de 1875, um dos moradores do Bairro dos Mineiros- como ficou conhecido, tendo em vista a origem dos povoadores – o senhor Vicente Valério dos Santos, doou uma parte de suas terras para constituição de um patrimônio, e ergueu uma capela em louvor de Santa Cruz, em torno da qual foram construídas casas entre elas. O senhor José Venâncio de Azevedo estabeleceu o seu comércio, seguido pelo imigrante italiano, Garibaldi de Luna, que, além de sua loja de tecidos, dava aulas de música, sendo o fundador da banda local. Dois fatos contribuíram para o progresso do povoado, a chegada da Estrada de Ferro Rio Claro, mais tarde comprada pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro, e a vinda de outro imigrante italiano, Salvador Vinaglia, que adquirindo gleba, loteou-a em chácaras, atraindo novos habitantes.

CRIAÇÃO DO DISTRITO
Em 17 de janeiro de 1891, através do Decreto Lei nº 121, a antiga Capela de Mineiros, foi elevada a categoria de Distrito de Paz, no município de Dois Córregos. Teve a denominação reduzida para Mineiros, em 1899, e alterado para MINEIROS DO TIETÊ (o rio do mesmo nome banha o sul de seu território), através do Decreto Lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944.

CRIAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO
Em 29 de agosto de 1899, através do Decreto Lei nº 581. O Distrito é elevado à categoria de Município, com a denominação de Mineiros, desmembrado do município de Dois Córregos. Sua instalação verificou se em 14 de janeiro de1900.

ATRAÇÕES TURÍSTICAS
O SALTO DOM PEDRO II -  Com cerca de10 mts de altura é o mais importante do município. Localiza-se no ribeirão São João, em área urbana hoje denominada Parque Ecológico.
REPRESA DO RIO TIETÊ - formada pela Hidrelétrica de Barra Bonita no '''Rio Tietê''' (construída no fim dos anos de 1950 e início dos anos de1960). Esse represamento forma um grande lago que atinge aproximadamente 7 km de largura. Está localizado na área rural, 15 km da cidade. Nesse local realiza-se a prática da pesca, camping, esportes náuticos, balneário e lazer. O Bairro denomina-se “Vale Verde”.
FAZENDA IMPERIAL -  O casarão de uma fazenda chama a atenção por sua edificação portentosa, notabilizou-se por ter sido palco de um dos mais importantes fatos históricos ocorridos na região. O imóvel hospedou o imperador Dom Pedro II e a Imperatriz Tereza Cristina. O casal veio seguindo a rota dos bandeirantes, pelo Rio Tietê, para a inauguração da Estrada de Ferro em Mineiros. Com 1.200 metros quadrados de construção e 22 cômodos, o casarão fica na Fazenda Imperial. Na época, chamava-se Fazenda Banharão e pertencia a José Emídio de Almeida Cardia. Para a vinda do casal imperial, o fazendeiro preparou o imóvel durante seis anos, para que ficasse de acordo com as exigências do monarca. Segundo registros da época, foram feitos afrescos nas paredes de toda a casa por pintores portugueses.
FESTA EM LOUVOR A SANTO ANTÔNIO - é realizada todo ano, desde 1904, no mês de Junho, com comidas típicas, leilão de gado, queimas de fogos e quadrilhas de danças. A festa ao padroeiro Santo Antônio de Pádua é a mais importante e antiga do município.A bênção oficial ao Oratório da capela de Santo Antônio foi feita em 10 de junho de 1904, realizando-se a procissão no dia 13 seguinte.
Em 1954, a capela de Santo Antônio foi demolida, sendo reconstruída a partir daquele ano, sendo que a benção da pedra fundamental aconteceu em 20 de fevereiro de 1954, com a presença do Bispo da Diocese de São Carlos.
SERRA DO MORRO ALTO E PEDRA BRANCA NO “BAIXÃO DA SERRA” - Serra que faz parte da Serra de Brotas possui mata nativa fechada, com riachos, cachoeiras, macacos, tucanos, pacas e outros animais selvagens. Possui também três grandes morros de pedras e paredões no seu interior. Pratica-se nesses locais, enduros e trilhas, ( esporte com motocicletas )
FOLCLORE “Unhudo da Pedra Branca” -  segundo a lenda, seria um ser semelhante a um homem, com enormes unhas, barba comprida, peludo e muito feio. Este, supostamente atacaria as pessoas que iriam apanhar jabuticabas do mato no Morro da Pedra Branca na zona rural, no bairro do “Baixão da Serra,” próximo ao Rio Tietê.
Gentílico: Mineirense

GALERIA DE PREFEITOS

DR. ALÍPIO CORRÊA LEITE1908 à 1910
FRANCISCO FERREIRA DE CARVALHO1910 à 1912
THEOTÔNIO BOTELHO1912 à 1914
JOSÉ PUTTOMATTI1914
FRANCISCO FERREIRA DE CARVALHO1914 à 1915
THEOTÔNIO BOTELHO1915 à 1919
SEBASTIÃO ALVES PINHEIRO1919 à 1920
FRANCISCO CYPRIANO1920 à 1921
ANTONIO PÁDUA XAVIER1921 à 1924
ANTONIO COCITE1925
VIDAL XAVIER DE MENDONÇA1925 à 1927
SYLVESTRE XAVIER DE MENDONÇA1926
ALVARO FERREIRA LUZ1927 à 1929
SEBASTIÃO ALVES PINHEIRO1929 à 1930
DR. RUFINO DE ALENCAR NETO1930 à 1933
FRANCISCO CYPRIANO1933 à 1935
DR. SALVADOR MERCADANTE1935 à 1940
FRANCISCO ZANZINI1940 à 1945
JOÃO DE MATTOS SILVEIRA1943
DR. SALVADOR MERCADANTE1945 à 1947
MOYSÉS ALVES PINHEIRO1947
DR. JOSÉ ALVES1948 à 1951
FIRMINO RIZZO1951
JOAQUIM FERREIRA HENRIQUES1952 à 1955
JOÃO DE MATTOS SILVEIRA1956 à 1959
DÁCIO ALVES ALBERTIN1959 à 1960
CARLOS ALVES MAMEDE1960 à 1964
PEDRO DE OLIVEIRA BRANDÃO1964 à 1968
DR. PEDRO ANTONIO MERCADANTE1969 à 1972
JOSÉ FIGUEIREDO1973 à 1976
DR. LUIZ MERCADANTE1977 à 1982
JOSÉ FIGUEIREDO1983 à 1988
JOSÉ DIRCEU ALVES1989 à 1992
PEDRO HERMENEGILDO CIPOLA01/01/1993 à 31/12/1996
JOSÉ DIRCEU ALVES01/01/1997 à 19/11/1998
MAURILIO VENDRAMINE20/11/1998 à 31/12/2000
EDSON REINALDO SABAINE01/01/2001 à 31/12/2004
EDSON REINALDO SABAINE01/01/2005 à 31/12/2008
JOÃO SANCHEZ01/01/2009 à 31/12/2012
JOSÉ CARLOS VENDRAMINI01/01/2013 à 31/12/2016
JOSÉ CARLOS VENDRAMINI01/01/2017 à 31/12/2020

OBS.:
Exerceram os cargos de Intendentes no Município:
DR. ALÍPIO CORRÊA LEITE - 1899 à 1902
THEÓFILO PORTELLA - 1902 à 1908
O Sr. DR. ALÍPIO CORRÊA LEITE, foi o primeiro Prefeito de Mineiros do Tietê.