HISTÓRICO


A ORIGEM
O povoado de Aspásia,tem sua origem na Fazenda Córrego Cascavel, município de Urânia, Estado de São Paulo, pertencente aos proprietários Liobino Tavares e Melchides José de Matos. Em 1964, começaram a chegar às primeira famílias de colonos, e os principais pioneiros foram Mário Scapin e Rino Scapin. Logo após, no ano de 1950, vieram com suas famílias, novos colonos que se juntaram aos pioneiros, Ângelo Scapin, Joanício Gomes Júnior, Abílio Marçal de Carvalho e Belmiro Gabaldi.

FUNDAÇÃO DO POVOADO
Com a colaboração e o apoio de todos os moradores do povoado, foi construída a primeira escola rural na Fazenda Scapin. No dia 18 de agosto de 1951, chegaram ao povoado os familiares de Arlindo Camilo. Em 1955, os familiares de Valdemar Gonçalves de Aguiar, que no ano de 1958, construiu o primeiro estabelecimento comercial no povoado, que fornecia alimentos aos moradores. Foi também Valdemar Gonçalves de Aguiar, que adquiriu o primeiro veículo e, com este, socorria e atendia a todos que o procurasse. No final do ano de 1959, chegaram os familiares de José dos Santos, que adquiriram uma área de terra de oito alqueires, dando  inicio imediatamente, a um loteamento no local, onde hoje está o Distrito Industrial de Aspásia. Nesse mesmo ano, chegaram também, para fixar residência no povoado, os familiares de Mário Alves Guimarães, que construiu um prédio onde instalou o primeiro açougue e que fornecia carne aos moradores. Em 1960, chegaram os familiares de João Alves Viana e João Pigari. No loteamento foi construída a primeira Escola, pelo fundador de Aspásia, o senhor José dos Santos.

CRIAÇÃO DO DISTRITO
Em 31 de dezembro de 1963, através do Decreto Lei Estadual nº 8.050, foi criado o Distrito de Paz de Aspásia, e incorporado ao município de Urânia. Em 28 de fevereiro de 1964,através do Decreto Lei nº 8092, recebeu a categoria de Distrito.

CRIAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO
Em 30 de dezembro de 1991, através do Decreto Lei Estadual nº 7.664, o Distrito de Paz, foi elevado à categoria de Município, com o mesmo nome de Aspásia, e desmembrado do município de Urânia.

REDEFININDO SEUS CAMINHOS RUMO AO FUTURO
No final da década de 1940 - exatamente no ano de 1940 - a Companhia Agrícola, Industrial e Colonizadora (CAIC) loteou uma área na região de Jales, que era praticamente inabitada, não fossem os Scapin, que ali moravam em uma fazenda. A partir de então, muita gente foi trabalhar na divisão das terras em lotes e sítios. Pessoas que, afinal, desbravaram a região, como os irmãos Arquias, Melchides e Liobino Fernandes dos Santos. A vida era difícil naqueles tempos: o lugar mais próximo era Jales, para onde todos iam - a cavalo - fazer suas compras. O núcleo populacional foi sendo formado nos anos seguintes, até que, em 1.952, um negócio entre os agricultores Liobino e Melchides acabou sendo o começo da vila: a venda de uma área de oito alqueires para o agricultor José dos Santos. José, que já tinha outra fazenda, começou a lotear os oito alqueires e, em l.959, muitas famílias já estavam morando na área - trabalhando duro na terra, cultivando algodão, amendoim e principalmente café, o forte daquela época. Faltava um nome para o lugar, e o senhor José do Santos, resolveu homenagear a filha caçula. Nascia, assim, a vila Aspásia, em cujas terras generosas foram se instalando mais e mais famílias. Aspásia - a vila e a menina - cresciam, sempre sob os cuidados de José, tios Santos e de seu outro filho Péricles dos Santos, mais tarde, candidato a prefeito do novo município. Pertencente ao município de Urânia, o distrito de Aspásia foi criado em 28 de fevereiro de 1964, pela Lei n- 8092. Logo depois da sua transformação em distrito, a comunidade passou a aspirar pela sua elevação à município, sabendo que, mais cedo ou mais tarde, este sonho haveria de se concretizar. Na opinião de dois antigos moradores e líderes da emancipação, o lavrador Gilberto Pigari, e o professor Flávio Góes dos Santos, a população sabia que a emancipação era a “única saída para Aspásia se desenvolver, ganhar autonomia e progredir”. Com essa meta estabelecida, foi criada uma comissão para lutar pela criação do município, formada por Gaspar Pinto da Fonseca Neto, Varei Scapin, Valdemar Aguiar, João C. Garcia, Flávio Góes (Zequinha), JoséPigarie, Nelson Guimarães. Na década de 1980,quando esta luta começou, Aspásia tinha uma escola, um pequeno posto de saúde, pouco asfalto e muitas carências. Mas a população queria mais e, por isso, votou pelo Sim, no plebiscito do dia 19 de maio de 1991. A história confirmou que a vontade popular estava certa. Desde que se tornou Município, com administração própria a partir de 1993, Aspásia conseguiu inúmeras benfeitorias, como por exemplo, o asfaltamento de grande parte de suas ruas, expansão da rede de água e esgoto para quase todas as casas, a instalação de Casa da Agricultura, Delegacia de Polícia, etc... O primeiro prefeito eleito, o lavrador Varsi Scapin, lembra os primeiros tempos de Aspásia como município: tivemos que começar do zero, não havia infraestrutura alguma. Instalamos por quatro meses a prefeitura e a câmara no Centro Comunitário. Só depois desse período nós compramos uma casa. O posto de saúde, por exemplo, tinha apenas quatro salas. Nós o ampliamos para 174 metros quadrados e contratamos sete médicos, um dentista, fonoaudióloga e fisioterapeuta. Na opinião do ex-prefeito, emancipar Aspásia, valeu a pena em todos os aspectos. Alicio Camilo, comerciante e prefeito eleito em 1996, definiu a saúde e a educação como as prioridades de sua administração. Para ele, emancipar Aspásia foi extraordinário em todos os sentidos. “Ter vida própria foi muito importante para a cidade”.
Os Primeiros Representantes – eleitos em 1992
PREFEITO MUNICIPAL: Varsi  Scarpin, casado com a Sra. Fátima A. Moreti Scarpin
VICE - PREFEITO: Ivan de Paula
CÂMARA MUNICIPAL: Vereadores – João Cano Garcia, Ismael dos Santos Crema, Flávio Góes dos Santos, Sérgio Pigari, João Batista Conejo Cano, Carlos Garcia Molina, Roberto Alves da Silva, Hélio Fernandes e Joel Gomes Pacheco.
ESTE TEXTO É DE AUTORIA DO DEPUTADO EDINHO ARAÚJO, AUTOR DA LEI 651/90 DAS EMANCIPAÇÕES.
Gentílico: Aspasiense

GALERIA DE PREFEITOS

VARSI SCAPIM01/01/1994 à 31/12/1996
ALICIO CAMILO01/01/1997 à 31/12/2000
VARSI SCAPIM01/01/2001 à 31/12/2004
ELIAS ROZ CANOS01/01/2005 à 31/12/2008
ELIAS ROZ CANOS01/01/2009 à 31/12/2012
JOSUÉ EDUARDO DE ASSUNÇÃO01/01/2013 à 31/12/2016
JOSUÉ EDUARDO DE ASSUNÇÃO01/01/2017 à 31/12/2020

OBS.: O Sr. VARSI SCAPIM, foi o primeiro Prefeito de Aspásia.