HISTÓRICO


A ORIGEM
O nascimento do patrimônio do Mirante, atual Cabrália Paulista, teve sua origem remota quando as ferrovias Noroeste do Brasil e Paulista, se emulavam na disputa do bravio sertão compreendido entre os Rios Tiete e Paranapanema, rumo a oeste do Rio Paraná. Assim é que em 1905, a companhia Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, plantava em Bauru o marco de partida em direção ao Mato Grosso, e a Companhia Paulista de estradas de ferro em 1910, transpondo o Rio Tiete, alcançava a povoação de Bauru. Fruto natural do progresso das vias férreas,inúmeras cidades iam surgindo ao longo dos trilhos de ferro. De outra parte, intrépidos e destemidos bandeirantes modernos, antecipando-se à solução fácil e logica, do desbravamento dos sertões, trazido pelo lastro das ferrovias,  iam semeando povoações onde dai alguns anos,viria o transporte ferroviário colher os frutos da agricultura e da pecuária, e até mesmo da indústria. Filha desse espírito de aventura nasceu Cabrália Paulista. Além de Bauru, e até além dos Rios Feio e Batalha, terras desconhecidas e incultas esperavam sua vez de civilização e progresso.

FUNDAÇÃO DO POVOADO
Foi então que, pelo ano de 1915, o autêntico desbravador de sertões, Antônio Consalter Longo, imigrante italiano, proveniente da cidade de Agudos, radicou-se em vasta área de terreno à margem esquerda do Rio Alambarí, a 42 km de Bauru, terras estas pertencentes originalmente ao Coronel Rodrigues Alves. Juntamente com Manoel Francisco do Nascimento, imigrante português e dono de terras adjacentes as de Antônio Consalter Longo, resolveram doar à Mitra Diocesana de Botucatu, uma área de vinte e dois alqueires, e ai por meio de aforamento de datas, criar o Patrimônio do Mirante. Em 1920, foi inaugurada a capela em louvor ao Senhor Bom Jesus, passando, a partir dessa data a chamar-se o lugar: Patrimônio do Senhor Bom Jesus do Mirante.

CRIAÇÃO DO DISTRITO
Ao lado da Igreja, o Patrimônio ia crescendo e já em 16 de dezembro de1922, através do Decreto Lei Estadual nº1893, tornava-se Distrito do Mirante, pertencente ao município de Piratininga. Através do Decreto nº 9775, de 30 de novembro de 1938, o distrito de Mirante passou a denominar-se Cabrália.Em 30 de novembro de 1944, pelo Decreto Lei nº 14334, mudou novamente a denominação, passando a se chamar Pirajaí.

CRIAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO
Em 24 de Dezembro de 1948, através do Decreto Lei Estadual nº 233, o Distrito de Pirajai, é elevado à categoria deMunicípio, desmembrado do município de Piratininga, constituído do único distrito original, com o nome de Cabrália Paulista. Sua instalação verificou se em27 de março de 1949,pertencente à Comarca de Piratininga.
Gentílico: Cabraliense

GALERIA DE PREFEITOS


FRANCISCO BUENO DOS REIS28/03/1948 à 27/03/1953
JOAQUIM DOS SANTOS CAMPONEZ28/03/1953 à 27/03/1957
DR. JOSÉ SOARES PEREIRA28/03/1957 à 27/03/1961
DOMENICO ANTÔNIO GHINELLI28/03/1961 à 27/03/1965
DR. JOSÉ SOARES PEREIRA28/03/1965 à 27/03/1969
ANTÔNIO MORENO SOBRINHO28/03/1969 à 31/12/1972
DR. JOSÉ SOARES PEREIRA01/01/1973 à 31/12/1976
JOSÉ MADRIGAL RUDA01/01/1977 à 31/12/1982
NELSON GEBARA01/01/1983 à 31/12/1988
JOSÉ MADRIGAL RUDA01/01/1989 à 31/12/1992
LUIZ LOURENÇO FILHO01/01/1993 à 31/12/1996
WILSON ANTÔNIO VICENTINI01/01/1997 à 31/12/2000
NELSON GEBARA01/01/2001 à 31/12/2004
JACINTHO ZANONI FILHO01/01/2005 à 31/12/2008
JACINTHO ZANONI FILHO01/01/2009 à 31/12/2012
ODEMIL ORTIZ DE CAMARGO01/01/2013 à 31/12/2016
JOSÉ MADRIGAL RUDA FILHO01/01/2017 à 31/12/2020

OBS. O Sr. FRANCISCO BUENO DOS REIS, foi o primeiro Prefeito de Cabrália Paulista.