Glicério

Glicério



Glicério



Glicério



Glicério



Glicério - Turiúba




Memorial

Glicerio
Glicerio
Turiúba

Prefeitura Municipal de Glicério

Rua Prefeito Fuad-Eid, 320
CEP: 16270-000
Fone: (18) 3647-9900
Email: pmglicerio@ig.com.br
Site: www.glicerio.sp.gov.br

 

 

 

HISTÓRICO

 

A ORIGEM

Em meados do século, XIX a família Castilho estabeleceu-se nas terras que hoje formam o município de Glicério. Habitavam as redondezas na época os índios Coroados que, após certo tempo, invadiram as propriedades dos desbravadores, expulsando-os dali. Em 1906, decorridos trinta anos aproximadamente, da expulsão dos primeiros povoadores, o General Francisco Glicério aproximou-se da região, trazendo os trilhos da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, hoje Rede Ferroviária Federal, e dando condições para a família Castilho voltar a habitar definitivamente suas terras.

FUNDAÇÃO DO POVOADO
Por volta de 1913 foi fundado o então povoado de Castilho, contando com várias habitações rústicas e grande número de trabalhadores que se estabeleceram no local, atraídos pela fertilidade do solo.

CRIAÇÃO DO DISTRITO
Diante de seu progresso, o povoado foi elevado a Distrito de Paz, em 1920, com o nome de General Francisco Glicério, em homenagem ao desbravador, através do Decreto Lei Estadual nº 1747, de 19 de novembro de 1920, no município de Penápolis.

CRIAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO
Em 30 de dezembro de 1926, o Distrito de Glicério é elevado à categoria de Município, através do Decreto Lei Estadual nº 2114, desmembrando do município de Penápolis.

REGISTROS DO HISTORIADOR - LINHA DO TEMPO
Em 1913, atraídos, como tantos outros, pela qualidade das terras, os Castilhos construíram aqui os primeiros “ranchos”. Nesta época, foi criado o “Bairro dos Castilhos”, e a denominação era de “Água Limpa”. Em 1919, é criada a Subprefeitura de Glicério, pertencendo ao município de Penápolis. Em 1920, foi inaugurada a Luz Elétrica na cidade.  A colônia Espanhola existente no município de Glicério em 1926 era calculada em 4.500 pessoas, considerada (na época) uma das maiores do Estado.
Constituído o município, a primeira Câmara Municipal teve os seguintes vereadores:Manoel Tavares de Oliveira, Estácio Nunes da Silva, Enóch José de Castilho, Antenor de Paula Ferreira, Francisco Thomas Garcia e Urias Vicente de Araújo. O primeiro Prefeito de Glicério foi o senhor Estácio Nunes da Silva.
A “Fazenda Icatu”, de propriedade do Governo Federal e onde existe o Posto Indígena, pertencia ao município de Glicério. Em 1928, existiam na cidade de Glicério, 04 serrarias, 01 fábrica de móveis, 03 hotéis, 01 pensão, 03 farmácias, 02 máquinas de beneficiar arroz e 01 de café, 10 moinhos de fubá, 07 engenhos de cana, 02 padarias, 19 automóveis de aluguel, 26 automóveis particulares e 11 caminhões. Havia ainda registrado no município, 250 veículos puxados à tração animal, entre carroças, carroções e charretes. A cidade contava também com 04 sapatarias, 02 selarias, 02 açougues e 10 grandes armazéns de secos e molhados.
Trabalhavam na cidade, 01 médico, 03 farmacêuticos e 03 dentistas, que são respectivamente os Senhores Dr. Francisco Dias, Manoel Tavares de Oliveira, Plinio Corrêa Carvalho Rosa, Washington Lacerda Ortiz, Antenor Mendes e José de Barros Neto. O ensino no município era ministrado nas “Escolas Reunidas”, com 04 classes, e algumas escolas rurais. Em 1929, Glicério já contava com 18 fazendas, 60 sítios, situados nos vales do Rio Feio, Peixe e Tietê, que já produziam além do café, milho, arroz, amendoim, feijão, algodão e mamona. No final de 1929, o município mantinha em sua sede, fábricas de telhas e ladrilhos, produtos que eram exportados para outros municípios do Estado.
Gentílico: Glicerense

 

GALERIA DE PREFEITOS

 

ESTÁCIO NUNES DA SILVA 1926 à 1929
ANTÔNIO NUNES ano de 1930
JOEL ANTÔNIO FERRAZ 1931 à 1932
ABRAÃO JOSÉ CHEIDA ano de 1933
PLÍNIO CORREA DA SILVA ano de 1933
CARLOS ANTÔNIO DA SILVA ROSA ano de 1933
ANTENOR DA COSTA E SILVA 1934 à 1935
ANTÔNIO NUNES 1936 à 1937
JOÃO DO VAL 1938 à 1939
ESTÁCIO NUNES DA SILVA 1940 à 1944
NELSON PAIVA 1945 à 1946
ANTÔNIO CASTILHO ano de 1947
JOSÉ RAMOS DA SILVA 1948 à 1951
PEDRO NICOLAU DO CARMO 1952 à 1955
RINALDO VERONEZE 1956 à 1959
ISSA ASSAD ISSA 1960 à 1963
FUAD EID 1964 à 1968
WALDOMIRO MAROTTA 1969 à 1972
FUAD EID 1973 à 1976
MAURO CASTILHO 1977 à 1982
FUAD EID 1983 à 1988
PEDRO LIRIA ALMENDRO 1983 à 1988
HAYRTON AREIAS TORRES 1989 à 1992
ENEAS XAVIER DA CUNHA 01/01/1993 à 31/12/1996
ROSEMIR AP. TORREZAN EID 01/01/1997 à 31/12/2000
WAGNER PADUA MAROTTA 01/01/2001 à 31/12/2004
ENEAS XAVIER DA CUNHA 01/01/2005 à 31/12/2008
ENEAS XAVIER DA CUNHA 01/01/2009 à 31/12/2012
ITAMAR CHIDEROLLI 01/01/2013 à 31/12/2016
ILDO DE SOUZA 01/01/2017 à 31/12/2020
ILDO DE SOUZA 01/01/2021 à 31/12/2024

OBS.: O Sr. ESTÁCIO NUNES DA SILVA foi o primeiro Prefeito de Glicério

 

 





Acervo Digital

Com a ajuda de vários colaboradores reunimos um acervo de fotos antigas desta cidade. Caso você tenha fotos antigas desta cidade, contribua conosco, enviando-as para o e-mail: contato@memorialdosmunicipios.com.br

Clique nas imagens abaixo para aumentá-las:

Faço parte dessa história
Empresas que fazem parte da história desta cidade.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site. Ao navegar pelo site, você autoriza o nosso site a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas , acesse nossa Política de Privacidade.
Entendi.