TUPI PAULISTA

TUPI PAULISTA



TUPI PAULISTA



TUPI PAULISTA



TUPI PAULISTA



TUPI PAULISTA - Elias Fausto




Memorial

TUPI PAULISTA
TUPI PAULISTA
Elias Fausto

Prefeitura Municipal de Tupi Paulista

Rua Julio Cantadori, 405
CEP: 17930-000
Fone: (18) 3851-9000 | Fax: (18) 3851-9001
Email: pmtupipta.imprensa@abcrede.com.br
Site: www.tupipaulista.sp.gov.br

HISTÓRICO

 

A ORIGEM
O Dr. Lélio Piza e Almeida, proprietário de uma gleba de matas situada no espigão entre os rios Peixe e Aguapeí, estendendo-se para a vertente deste, na zona da Alta Paulista, resolveu e ultimou os planos para a colonização dessa região que era completamente despovoada.

FUNDAÇÃO DO POVOADO
As cidades eram localizadas muito distantes, e os recursos e a assistência sempre foi impossibilitada pela falta de condução, e de estradas, então os colonizadores resolveram fundar uma cidade onde pudessem reunir os meios necessários para satisfazer as necessidades mais imediatas da colonização. No começo do ano de 1941, foram entregues ao engenheiro Dr. Francisco Cunha, os cortes da mata e a confecção da planta, bem como a administração e venda dos lotes aos senhores João Staut e Juvenal Camargo. O local recebeu o nome de Tupi, mais tarde sede do município de Gracianópolis, e atualmente Tupi Paulista. No ano de 1948 começou a ser cultivada a lavoura do café, que mais tarde se tornaria a principal fonte de riqueza do município.

CRIAÇÃO DO DISTRITO
Através do Decreto Lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, foi criado o Distrito de Gracianópolis, com sede no povoado de Tupi, e com terras desmembradas dos distritos da sede do município de Andradina, Presidente Venceslau e do distrito de Ribeirão dos Índios.

CRIAÇÃO E EMANCIPAÇÃO DO MUNICÍPIO
Em 24 de dezembro de 1948, através do Decreto Lei Estadual nº 233, O Distrito foi elevado à categoria de Município, na comarca de Lucélia, e composto dos seguintes distritos: Monte Castelo, Nova Guataporanga, Guaraciaba (extinto), Oásis e São João do Pau D'Alho. Foi desmembrado, Monte Castelo pela Lei nº 2456, de 30 de dezembro de 1953. Foi transferido da comarca de Lucélia para a de Dracena, pela Lei nº 1940, de 03 de dezembro de 1952. Pelo Decreto Lei Estadual nº 2456, de 30 de dezembro de 1953, passou a chamar-se TUPI PAULISTA. Consta atualmente dos seguintes distritos: Tupi Paulista e Oásis.

Gentílico: Tupinensepaulista

GALERIA DE PREFEITOS

 

JUVENAL CAMARGO 03/04/1949 à 31/03/1953
OCTÁVIO BACELLAR 04/04/1953 à 03/04/1957
JOSÉ FORTES 04/04/1957 à 03/04/1961
ILTON OLIVEIRA 04/04/1961 à 03/04/1965
JOSÉ FORTES 04/04/1965 à 03/04/1969
SERGIO BENETTI 04/04/1969 à 31/01/1973
JOSÉ FORTES 31/01/1973 à 31/01/1977
SERGIO BENETTI 01/02/1977 à 31/01/1983
JOSÉ FORTES 01/02/1983 à 31/12/1988
JOÃO FRANCESCHI 01/01/1989 à 31/12/1992
FUAD SOUBLIE 01/01/1993 à 31/12/1996
ARISTIDES PORTELA 01/01/1997 à 31/12/2000
ARISTIDES PORTELA 01/01/2001 à 31/12/2004
OSVALDO JOSÉ BENETTI 01/01/2005 à 31/12/2008
JOÃO FERACINE 01/01/2009 à 31/12/2012
OSVALDO JOSÉ BENETTI 01/01/2013 à 31/12/2016
ALEXANDRE TASSONI ANTÔNIO 01/01/2017 à 31/12/2020
 

OBS.: O Sr. JUVENAL CAMARGO, foi o primeiro Prefeito de TUPI PAULISTA.

 

 

 

 





Acervo Digital

Com a ajuda de vários colaboradores reunimos um acervo de fotos antigas desta cidade. Caso você tenha fotos antigas desta cidade, contribua conosco, enviando-as para o e-mail: contato@memorialdosmunicipios.com.br

Clique nas imagens abaixo para aumentá-las:

Faço parte dessa história
Empresas que fazem parte da história desta cidade.
Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site. Ao navegar pelo site, você autoriza o nosso site a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas , acesse nossa Política de Privacidade.
Entendi.